Óleos essenciais para endometriose

A endometriose é uma doença difícil de se lidar que afeta cerca de 10% das mulheres com útero e em idade fértil. O diagnóstico geralmente demora a ser concluído e muitas vezes o tratamento acaba sendo ineficaz complicando bastante a vida da mulherVamos te apresentar hoje os óleos essenciais para endometriose que podem te ajudar nesse doloroso processo.

Óleos essenciais para endometriose
O alivio da endometriose através do óleos essenciais

O tratamento geralmente envolve terapia hormonal, analgésicos e cirurgia, e algumas pessoas também usam tratamentos complementares, como óleos essenciais.

Para os adeptos dos óleos essenciais, eles podem ajudar a aliviar os sintomas da endometriose com segurança e eficácia. Pesquisas são feitas constantemente para reforçar essa tese, mas muitas pessoas indicam a aromaterapia para aliviar os sintomas.

Óleos essenciais usados ​​no tratamento da endometriose

A utilização da aromaterapia no tratamento da endometriose envolve a inalação de óleos essenciais ou o uso deles em massagem – ajudando a aliviar os sintomas. Por exemplo, uma meta-análise de 2018 descobriu que uma variedade de óleos essenciais pode ajudar em períodos dolorosos de crises.

Mas é importante deixar claro que algumas evidências sugerem que a aromaterapia pode ser uma terapia complementar, ajudando a aliviar alguns sintomas, mas não constituindo a cura.

O foco nessa área são em cãibras e dores durante a menstruação, que são sintomas comuns da endometriose.

Pesquisas recentes constataram alguns óleos e misturas que podem ajudar as pessoas a gerenciar os sintomas da endometriose. Os óleos e combinações que podem ser eficazes incluem:

Combinações de óleos essenciais para endometriose
Combinações de óleos essenciais para endometriose

Quais óleos essenciais para endometriose são mais indicados?

Cravo, canela, lavanda e rosa

De acordo com pesquisas, uma mistura de óleos essenciais de canela , cravo , lavanda e rosa pode amenizar a dor durante a menstruação, que é um sintoma comum da endometriose.

O estudo envolveu massagem de aromaterapia no abdômen com a combinação de óleos e uma base de óleo de amêndoa. Um outro grupo recebeu a mesma massagem, mas sem os óleos essenciais.

O grupo que recebeu a massagem com óleos essenciais relatou uma redução na dor durante os primeiros 3 dias do período.

Lavanda

Óleo de lavanda é considerado um verdadeiro remédio natural por incentivar o relaxamento e o sono, além de acalmar os nervos, relaxa os músculos, é antidepressivo, anti tensão muscular, facilita o sono, reduz cólicas, é antisséptico e antibacteriano e promove a digestão.

Quando diluído e usado em massagem, o óleo essencial de lavanda pode ajudar a reduzir a dor associada à menstruação.

Este estudo também incluiu um grupo que recebeu massagem sem o óleo essencial. Aqueles que receberam a massagem com óleo essencial de lavanda apresentaram sintomas de dor mais baixos do que os do grupo controle.

Manjerona, sálvia e lavanda

Uma combinação de manjerona, sálvia e óleos de lavanda também é uma ótima opção para aliviar a dor no período menstrual 

Em um outro estudo, as participantes com dor menstrual diagnosticada massagearam uma mistura desses 3 óleos em um creme sem perfume na região abdominal. Um grupo controle usou um creme com uma fragrância sintética. Ambos os grupos usaram o creme todos os dias durante um mês.

O grupo que usou o creme com os óleos essenciais relatou menos dor durante o próximo ciclo menstrual, bem como redução da duração da dor, de 2,4 para 1,8 dias.

Sálvia, rosa e lavanda

O óleo essencial de Rosa é muito eficiente para o sistema reprodutor feminino, possui ação tônica sobre o útero, é um suave emenagogo (provoca a menstruação), regulador da menstruação e pode ajudar a regular também a menopausa. Trata-se de um famoso antidepressivo, ótimo para depressão pós-parto, insegurança e anorexia (devolve o interesse da mulher por sua feminilidade).

A junção dos óleos de Sálvia , Lavanda e Rosa se tornam um poderoso ajudador para quem sofre com as dores da endometriose.

Como usar os óleos essenciais

Os óleos essenciais são extraídos de folhas, flores, raízes e sementes de plantas. É sempre importante lembrar que antes de usar um óleo essencial em uma massagem, é preciso diluí-lo em um óleo transportador. Isso torna o óleo essencial seguro para aplicar diretamente na pele e evitar alergias.

Exemplos de óleos transportadores incluem:

  • azeite
  • óleo de coco
  • óleo de amêndoa

Para uso na pele, adicione 15 gotas de óleo essencial a 25mls de óleo transportador. Essa mistura pode ser aplicada no peito, pescoço ou debaixo do nariz, para inspirar os vapores. Como alternativa, uma pessoa pode esfregar a mistura diretamente na parte inferior da barriga.

As pessoas também podem usar gotas de óleo em um difusor ou panela de água fumegante para ajudar a espalhar o aroma por toda a sala.

Cuidados com óleos essenciais
Cuidados com óleos essenciais

Segurança

É sempre muito importante ficar atenta as possíveis reações que alguns óleos essenciais podem causar. Se uma pessoa perceber dores de cabeça, manchas na pele ou erupções cutâneas após o uso dos óleos, orientamos procurar um médico.

O uso de qualquer substancia deve ser feito com cautela, pois existem vários cuidados em potencial a serem considerados antes de utilizar os óleos essenciais. O fato de esses produtos serem naturais não significa que eles são seguros para todos.

Nunca aplique um óleo essencial diretamente na pele, lembre-se que ele precisa ser diluído. Além disso, nunca ingerir um óleo essencial, pois alguns podem ser tóxicos quando ingeridos.

Muitas pessoas acreditam que, como os óleos essenciais são naturais, eles são seguros. Isto não é totalmente verdade. Nunca engula um óleo essencial nem o aplique sem diluir a pele, e certifique-se de escolher óleos de fontes confiáveis, isso é muito importante.

Procure seu médico antes de começar a utilizar  óleos essenciais, principalmente se você faz uso de algum medicamento contínuo, porque alguns óleos podem interferir no efeito dos medicamentos.

Além disso, algumas pessoas que usam óleos essenciais têm reações alérgicas, então nunca use sem a orientação de um profissional médico. Caso perceba algum sintoma diferente e adverso suspenda o uso imediatamente.

Crianças pequenas, mulheres grávidas, idosos e animais de estimação podem ser mais sensíveis aos óleos essenciais. Importante saber que, alguns óleos são tóxicos para os animais, mesmo quando uma pessoa os utiliza em um difusor, por isso é vital pesquisar cada óleo antes de experimentá-lo.

Os óleos essenciais podem trazer muitos benefícios a sua saúde e devem ser inseridos no seu dia a dia mas lembre-se de usa-los com responsabilidade.

Não deixe de nos acompanhar aqui no site e através das redes sociais para mais novidades sobre óleos essenciais.

Obrigado e até a próxima!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *