Óleo essencial de orégano e seus benefícios

Descubra tudo sobre o óleo essencial de orégano. Se você acha que orégano é apenas um tempero e a melhor maneira de utiliza-lo é na pizza, você está equivocado e precisa conhecer mais sobre ele. Então nesse artigo vamos te falar tudo sobre o esse excelente óleo e seus benefícios. Vamos ver abaixo, o que é e pra que serve ele.

Óleo essencial de orégano e seus benefícios
Óleo essencial de orégano e seus benefícios

Óleo essencial de Orégano

O óleo essencial de orégano é feito da planta do orégano, rico em propriedades curativas, ele tem ação antimicrobianas, antivirais e antifúngicas. Além disso, os compostos do óleo de orégano também são potentes antioxidantes, anti-inflamatórios, antidiabéticos e agentes supressores de câncer.

Na medicina alternativa, o óleo essencial de orégano é considerado um remédio natural para uma série de problemas de saúde. Também pode ser utilizado de várias maneiras:

  • Quando tomado por via oral, o óleo de orégano pode ajudar com indigestão e doenças gastrointestinais, bem como doenças respiratórias.
  • E, quando usado com vapor e inalado, ele pode trazer benefícios para os seios da face e congestão torácica e doenças respiratórias relacionadas.
  • Diluído e usado topicamente, pode ajudar a tratar infecções fúngicas e bacterianas.

Também pode ser aplicado na pele para o tratamento de acne, pé de atleta, aftas, psoríase, rosácea, varizes e verrugas. Veja ainda um artigo sobre soro facial para espinhas e cicatrizes da acne.

Benefícios para a saúde

O óleo de orégano foi amplamente estudado e algumas pesquisas preliminares sugerem que ele pode oferecer muitos benefícios à saúde.

Ele é rico em nutrientes como flavonoides, magnésio, cálcio, zinco, ferro, potássio, cobre, boro, manganês, vitaminas A, C, E e niacina, tendo as seguintes propriedade para a saúde:

  • Combater infecções virais, bacterianas, fúngicas e parasitárias;
  • Reduzir a dor e a inflamação, auxiliando em problemas como cólica, reumatismo e dor muscular;
  • Combater a tosse e problemas respiratórios, gripes e resfriados, devendo ser usado na aromaterapia com água fervente;
  • Melhorar a digestão, reduzindo gases e cólicas;
  • Combater micoses na pele, devendo ser aplicado no local juntamente com um pouco de óleo de coco;

Colite

Uma combinação de óleo de tomilho e orégano é promissora no tratamento da colite, um tipo de doença inflamatória intestinal. Um estudo realizado descobriu que camundongos com colite experimentaram uma redução significativa na inflamação após o tratamento com o tratamento combinado.

Cândida

Em pesquisas de laboratório , os cientistas demonstraram que o óleo de orégano pode ajudar a combater o desenvolvimento da candida. Um tipo de levedura que normalmente reside no trato digestivo e na vagina, a cândida pode contribuir para uma série de infecções, incluindo sapinhos, infecções de pele e infecções vaginais quando seu crescimento não é controlado.

Infecções bacterianas

O óleo essencial de orégano pode ajudar a proteger contra certas infecções bacterianas. Ele é eficaz na destruição de bactérias associadas e disseminadas por animais.

Ingeridos em quantidades regularmente encontradas nos alimentos, o orégano e seu óleo essencial são considerados seguros. Existem algumas preocupações sobre a ingestão de óleo de orégano em doses medicinais. Assim como acontece com todos os óleos essenciais, orégano só deve ser tomado internamente se orientado por um profissional de saúde.

O orégano pode causar uma reação alérgica em pessoas com alergia a plantas da família Lamiaceae, que inclui manjericão, óleo essencial de hortelã-pimenta, também óleo essencial de alecrim, sálvia, manjerona, orégano, hissopo, tomilho, óleo essencial de lavanda e perilla.

O óleo de orégano tomado em doses medicinais deve ser evitado durante a gravidez devido a preocupações com aborto espontâneo.

Pessoas com distúrbios hemorrágicos não devem tomar óleo de orégano, pois pode aumentar o risco de sangramento. Da mesma forma, interrompa o uso de óleo de orégano duas semanas antes da cirurgia programada devido a preocupações com o risco de sangramento.

O óleo de orégano pode diminuir o açúcar no sangue em pessoas com diabetes e deve ser usado com cautela.

Efeitos colaterais leves da ingestão de óleo essencial de orégano incluem dores de estômago e irritação do trato intestinal. Quando usado topicamente, o óleo essencial de orégano deve sempre ser diluído . Pode causar queimadura e irritação na pele.

Óleo essencial de Orégano

Como usar o óleo essencial de orégano

  • Em gotas:

O óleo essencial de orégano não deve ser ingerido pois pode causar queimadura do esôfago e estômago. Dessa forma, a melhor forma de usar o óleo essencial de orégano é fazer inalações profundas.

Para isso, deve-se cheirar diretamente do frasco do óleo, inspirando-se profundamente, segurando o ar e liberando o ar pela boca. De início, deve-se fazer 3 a 5 inalações 10 vezes por dia e depois ir aumentando para 10 inalações.

  • Em cápsulas:

O óleo de orégano pode ser encontrado em cápsulas e deve ser tomado de acordo com as instruções do fabricante, que geralmente é de 1 a 2 cápsulas por dia.

Ele pode interagir com certos medicamentos e suplementos e não deve ser tomado com o seguinte:

  • Drogas antidiabéticas incluindo Glimepirida (Amaryl), Gliburida (DiaBeta, Glynase PresTab, Micronase), insulina, Metformina (Glucophage), pioglitazona (Actos), rosiglitazona (Avandia) e outros.
  • Não deve ser usado com ervas e suplementos que possam reduzir o açúcar no sangue, incluindo Ácido alfa-lipóico, Melão amargo, Cromo, Garra do diabo, Feno-grego, Alho, Goma de guar, Castanha da Índia, Panax ginseng, Psyllium, Ginseng siberiano e outras.
  • Anticoagulantes, incluindo Alguns medicamentos que retardam a coagulação do sangue incluem Aspirina, Clopidogrel (Plavix), Dabigatrana (Pradaxa), Dalteparina (Fragmin), enoxaparina (Lovenox), heparina, varfarina (Coumadin) e outros.
  • Não deve ser tomado com ervas que interferem na coagulação do sangue, incluindo Angélica, Cravo, Danshen, Alho, Gengibre, Ginkgo, Panax ginseng, Castanha da Índia, Trevo vermelho, Cúrcuma e outros.
  • A absorção de cobre pode ser diminuída quando tomado com óleo de orégano.
  • Quando na absorção de ferro pode diminuir quando tomado com óleo de orégano.
  • E de zinco pode diminuir quando tomado com óleo de orégano.

Dosagem e preparo

Não há dose recomendada de óleo de orégano. Se usado topicamente, o óleo deve ser diluído em um óleo transportador para uma solução inferior a 1 por cento.

Ao comprar óleos essenciais, procure um fornecedor que destila seu próprio material ou lida diretamente com destiladores confiáveis.

Ao comprar óleo essencial de orégano puro, verifique no rótulo o nome em latim, Origanum vulgare. Nenhum outro ingrediente de óleos deve ser listado. Se você vir outro óleo, como óleo de coco fracionado, óleo de jojoba ou óleo de amêndoa doce, o óleo essencial de orégano está diluído e não deve ser usado em um difusor.

Os óleos essenciais devem ser embalados em uma garrafa de âmbar escuro ou cobalto e armazenados fora da luz solar.

 

Diferença entre óleo de orégano e óleo essencial de orégano

O óleo de orégano é tipicamente azeite de oliva extra virgem com orégano infundido no óleo. Isso não é orégano medicinal, mas orégano para cozinhar. O óleo essencial de orégano é usado ​​medicinalmente.

O óleo essencial de orégano e o óleo de orégano são destilados da planta de orégano. Às vezes é vendido em cápsulas que incluem um óleo carreador para diluir o óleo essencial para facilitar a digestão.

 

Propriedades do óleo essencial de orégano

O óleo essencial de orégano tem propriedades antibacterianas e antifúngicas. Alguns criadores de aves usam óleo essencial de orégano em vez de antibióticos comerciais para manter seu rebanho saudável e prevenir infecções. Seu uso tem sido amplamente estudado na agricultura e considerado uma alternativa segura e natural aos medicamentos.

Se você está pensando em usá-lo, converse com seu médico para avaliar os riscos e benefícios potenciais.

Lembre-se de que a medicina alternativa não deve ser usada como substituto do tratamento padrão. O auto tratamento de uma condição e evitar ou atrasar o tratamento padrão pode ter consequências graves.

Esperamos que você tenha tirado todas as suas dúvidas sobre o óleo essencial de orégano e seus benefícios. Para conhecer mais sobre o mundo dos óleos essenciais continue nos acompanhando através de nossas redes sociais.

Obrigada e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *