Você sabe usar óleos essenciais para dores de cabeça?

Hoje você vai saber como usar óleos essenciais para dores de cabeça e enxaqueca, esses óleos podem ser usados para obter incríveis resultados. A aromaterapia usa óleos essenciais como remédios naturais caseiros para ajudar no tratamento de uma variedade de doenças.

E foi constatado que o uso desses óleos é uma maneira eficaz de aliviar tensões como dores de cabeça e enxaqueca. Extraído de plantas, o óleo essencial é um líquido concentrado puro e 100% natural muito usado na aromaterapia, que nada mais é uma terapia alternativa que usa óleos nos seus métodos.

Confira tudo sobre aromaterapia conferindo nosso guia completo sobre aromaterapia.

óleos essenciais para aliviar dores de cabeça
Mulher com dores de cabeça

Quais são os 5 óleos essenciais para dores de cabeça e enxaqueca?

Existe um perigo silencioso nos dias de hoje que se torna cada dia mais comum: O ato de se auto medicar.

Pensando nisso, muitas pessoas entram em alerta e passam a procurar alternativas naturais para problemas de saúde corriqueiros como dores de cabeça. Claro que se o sintoma for persistente e agudo é imprescindível a procura por um profissional, mas o uso de óleos essenciais é uma opção natural, sem contraindicação e com eficácia.

A dor de cabeça ocasional é o tipo mais comum hoje em dia e estima-se que ela atinja mais da metade da população adulta em todo o mundo. Depois de um dia corrido com as tarefas de casa ou mesmo em um expediente estressante no trabalho, quando você consegue parar por um minuto já começa a sentir a tensão e ela está lá, martelando na sua cabeça.

Nesses momentos é mais comum escolher um medicamento disponível em farmácias ou até mesmo em casa, mas com efeitos que podem causar problemas futuros.

Estudos mostram que o uso de óleos essenciais tem sido muito benéfico para pessoas com dores de cabeça. Muitas plantas apresentam propriedades medicinais incríveis concentradas na extração de seus óleos e isso pode ser usado de maneira natural, trazendo excelentes resultados.

 

1. Óleo de Lavanda

dores de cabeça e enxaqueca
Frasco com óleo essencial de lavanda

A lavanda tem um efeito calmante, geralmente usado para combater a insônia, reduzir o estresse, a ansiedade ou a depressão. Como ela tem um recurso de controle de tensão, pode ajudar a aliviar dores de cabeça e enxaquecas que são desencadeadas pelo estresse.

Conforme estudos já realizados em 2012, os profissionais sugerem que a inalação de óleo essencial de lavanda pode ser um forte e eficaz aliado no tratamento seguro para aliviar as dores de cabeça de enxaqueca.

 

2. Óleo essencial de Alecrim

dores de cabeça e enxaqueca
Frasco com óleo essencial de alecrim

O óleo essencial de alecrim é tradicionalmente usado para tratar dores de cabeça e melhorar a circulação.

Muitos estudos começaram a serem realizados sobre óleo de alecrim como tratamento eficaz para dores de cabeça. Contudo, na pesquisa mais recente feita sobre esse assunto, mostra que o óleo de alecrim possui propriedades anti-inflamatórias e analíticas.

Outro estudo de 2013 constatou que o óleo essencial de alecrim ajudou a reduzir o dor e a insônia em pessoas em tratamento de abstinência de ópio. Esses estudos sugerem que óleo de alecrim pode reduzir a dor de cabeça, mas sempre surge uma nova pesquisa e os novos estudos de sua eficácia são confirmados.

 

3. Óleo essencial de Hortelã-pimenta

O óleo essencial de hortelã-pimenta é estimulante e pode aliviar dores de cabeça tensionais quando aplicado da maneira certa, principalmente por inalação.

A hortelã-pimenta tem sido usada em medicamentos alternativos há milhares de anos. É um dos óleos essenciais recomendados para tosse, rinite,  descongestionante nasal e principalmente uma tensão na cabeça causada pela sinusite.

As últimas pesquisas realizadas, comprovam que o óleo de hortelã-pimenta mostrou-se muito satisfatório contra dores de cabeça provocadas por estresse e tensão.

O ingrediente ativo do óleo essencial de hortelã-pimenta é o mentol. Pesquisas científicas já constataram que o mentol tem alta propriedade anestésica e anti-inflamatória, sendo extremamente eficaz no tratamento de enxaquecas quando aplicado na cabeça como um gel.

 

4. Óleo essencial de Camomila

óleo essencial de camomila

A camomila é muito conhecida por seus efeitos calmantes, tanto que seu chá é bastante consumido por trazer a sensação de relaxamento, dessa forma acredita-se que o óleo da camomila tenha efeito semelhante.

Em pesquisas recentes, constatamos que as propriedades do óleo da camomila podem melhorar alguns dos sintomas de ansiedade e depressão. Como as dores de cabeça são geralmente causadas por estresse e ansiedade, o óleo essencial de camomila pode ajudar a tratar esse mal.

O óleo de camomila é um dos mais antigos usados ​​pela humanidade e possui uma série de benefícios para a saúde, principalmente pelo seu alto nível de antioxidantes e propriedades anti-inflamatórias que também podem reduzir a dor de cabeça.

Curiosidade:  Para produzir 1 litro de óleo essencial é necessário processar cerca de 200 kg de flores de camomila.

5. Óleo essencial de Eucalipto

O óleo essencial de eucalipto é considerado um dos melhores remédios para o sistema respiratório e traz diversos benefícios para sua saúde, entre eles: antisséptico, expectorante e antiespasmódico, ajuda para combater o catarro, um sinusite e pode até baixar a febre.

Ele é refrescante e um ótimo ante estresse, indicado para dores e tensões musculares, incluindo a famosa dor de cabeça. O eucalipto exerce uma reação instantânea no corpo e na mente, uma simples inalação já traz um bem estar incrível.

Estudos com óleo essencial de eucalipto mostram eficácia nas dores de cabeça e redução da pressão arterial quando inalado.

Como usar óleos essenciais

Os óleos essenciais podem ser usados ​​de várias formas, em especial para dores de cabeça e os mais comuns são diluídos e massageados diretamente na dor ou na garganta que causam esse tipo de sofrimento.

Aplicação direta na pele: Os óleos essenciais precisam ser diluídos com um transportador/carreador (um óleo base), como óleo de coco ou amêndoas, antes de ser usado na pele. Uma vez diluído, o óleo está pronto para ser usado ou aplicado.

É importante diluir o óleo essencial com um transportador antes de aplicar diretamente na pele caso contrário, eles podem causar irritação e sensibilidade.

Como Preparar: Meça 4 colheres de chá (20ml) de óleo transportador. Adicione até 10 gotas de um óleo essencial à sua escolha. Agite essa mistura e está pronto para ser usado (até 4 semanas).

 

Usando via inalação

Se a utilização for feita por inalação, o óleo essencial escolhido podem ser inalado adicionando algumas gotas a um tecido, mantendo o tecido sob o nariz e respirando profundamente.

No entanto, se quiser apenas usufruir dos aromas de alguns desses óleos essenciais, molhe uma bolinha de algodão ou ainda um pedacinho de pano e deixe em cima de alguma superfície que o cheiro delicioso e delicado irá se espalhar pelo ar.

Usando em compressa: Molhe uma toalha em água fria e adicione algumas gotas de óleo essencial. Uma compressão pode ser feita na nuca ou no pescoço.

Adicionando óleo ao banho: A adição de algumas gotas de óleo essencial em um banho quente pode ser uma maneira relaxante de tratar uma dor de cabeça. O vapor exalado vai trazer o alivio esperado.

 

Orientações importantes:

Os óleos essenciais ainda passam por muitos estudos científicos para serem regulamentados, portanto, é extremamente importante que adquira uma marca respeitável e de confiança.

Como todo produto, seja ele natural ou químico, é aconselhável fazer um teste antes de usar o óleo, pois muitas pessoas podem apresentar alterações alérgicas mesmo com diluição.

Coloque uma pequena quantidade na pele e espere por 48hs, se não houver reação alérgica ou óleo é seguro.

Portanto, se uma pessoa apresentar algum problema de saúde existente, a orientação será sempre conversar com um médico antes de usar os óleos essenciais.

Observando ainda que, não se deve substituir a medicação já prescrita por óleos essenciais sem antes conversar com seu médico, e também sempre ter orientações de um profissional aromaterapeuta.

Para saber mais informações e ficar por dentro de todos os benefícios e formas corretas de usar os óleos essenciais, nos siga em nossas redes sociais.

Obrigada e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *